Qual contratar: Freelancer ou agência?

Não consegue se decidir entre contratar freelancer ou agência? Entenda quais são as diferenças, vantagens, desvantagens e preços.

Está precisando de uma prestação de serviços e não sabe se deve contratar uma agência especializada ou apenas um profissional? Para sanar esta dúvida, alguns pontos precisam ser levados em consideração. Afinal, antes de saber se você deve contratar freelancer ou agência, você deve saber qual tipo de trabalho você quer e como funciona tanto uma agência quanto um profissional free lancer.

» Siga-me no twitter, assine o feed ou a newsletter para ler mais novidades!

Qual o tipo de serviço você precisa?

homens trabalhando

Só é trabalho de verdade se deixar a mão calejada! Ah, mas a quem eu quero enganar...? (foto: SXC)

Vamos fazer de conta que você precisa da criação de um site. Sendo assim, você deve colocar em pauta todas as dúvidas possíveis sobre o projeto e também todas as suas necessidades. Para exemplificar, criei as questões abaixo:

  1. Qual o porte do site? Pequeno, médio ou grande?
  2. Qual a urgência de eu ter meu site no ar? Preciso dele o quanto antes ou não há um prazo específico?
  3. Vou precisar de ferramentas específicas de gestão de conteúdo e usuários?
  4. Vou precisar de um design diferenciado?
  5. Vou precisar de um logo e/ou mascote?
  6. Eu mesmo (ou alguém de minha equipe) vou atualizar o site ou preciso que o prestador do serviço o faça? Com qual frequência e urgência?
  7. Vou precisar de serviços adicionais, como e-mail marketing, mídias sociais etc?
  8. Ainda tenho dúvidas sobre o que eu quero? Vou precisar da orientação de um profissional com expertise na área para definir melhor meu projeto?

E por aí vai… afinal, é imprescindível que um planejamento seja feito antes de iniciar a busca por uma agência ou freelancer. A partir do momento em que você tem uma ideia muito crua na cabeça e já parte para buscar alguém que a coloque em prática, as chances de você se frustrar com o resultado final são grandes. É claro, há profissionais que dão sugestões de melhorias, mas uma coisa é certa: Ninguém além de você entende melhor sobre o seu negócio, assim como ninguém além do profissional de web entende melhor sobre web. Quando cada um faz a sua parte, não tem erro!

O que é um freelancer?

home office

O home office mais arrumado do mundo. Só pode ser fake. (foto: SXC)

Um freelancer é um profissional que trabalha por conta própria em sua casa (na verdade, depende da área – alguns freelancers são contratados por um tempo determinado para trabalharem em um local específico). Evidentemente ele é bem mais limitado que uma agência por não contar com uma equipe, mas também tem vantagens que você não encontra em uma.

Alguns freelancers trabalham com contrato de prestação de serviços (que é o meu caso), alguns emitem nota fiscal e até contam com formas de pagamento diferenciadas, mas isso varia bastante de profissional para profissional. Na maioria das vezes as tratativas são feitas apenas por e-mail ou messengers (msn, gtalk, skype…), mas alguns utilizam telefone e até fazem reuniões presenciais. Mais uma vez, cada caso é um caso – às vezes um freelancer nunca fez nada disso, mas, dependendo do porte e das necessidades do cliente, ele abre mão e se adapta.

E há como ser profissional não fazendo contrato, não emitindo nota e nem mesmo atendendo o telefone? Mas é óbvio que sim: não são burocracias e afins que definem o nível de um profissionalismo. Veja os políticos, por exemplo. Eles trabalham de terno e gravata, mas… são profissionais?

Algumas vantagens do profissional freelancer

Algumas desvantagens do profissional freelancer

O que é uma agência?

agencia

Já comeu seu cereal? (foto: SXC)

De forma resumida, uma agência é uma empresa especializada em uma área que conta com uma equipe, sendo que cada membro ou grupo de membros tem uma função específica (no exemplo da agência de criação de sites, há os profissionais designers, programadores, de suporte, de atendimento etc).

Por contarem com uma estrutura maior (equipe, equipamento, escritório…), são bem mais caras que um profissional freelancer. Em contrapartida, oferecem um serviço mais completo e podem agregar valor (afinal, agências tem “nome” e conceito no mercado – mas alguns profissionais freelancers vem ganhando mais espaço agora).

Algumas vantagens da agência

Algumas desvantagens da agência

Freelancer ou agência?

Há muito mais a ser dito sobre ambos, e o que eu fiz aqui foi um levantamento básico sobre cada um e também mostrei alguns pontos que devem ser levados em consideração antes da e durante a escolha. Por exemplo, se você a criação de um blog, sendo que o mesmo é seu hobby e não gera muitos lucros, você mesmo vai atualizar e o trabalho é de pequeno porte (ou seja, um design bacana e funcionalidades simples de blog), vale muito mais a pena contratar um free lancer (qualquer coisa, tá aqui meu portfolio!).

Por fim, não há como dizer se um é melhor que o outro, pois são as necessidades do cliente que definirão qual contratação será melhor. Daí pra frente basta analisar a opinião de outros clientes, os trabalhos já prestados e tudo que for necessário para que se adquira confiança com a agência ou freelancer.

Acha que o post pode ser melhorado com mais itens ou tem mais dúvidas? Sinta-se à vontade para comentar!