Quanto custa um site?

Qual o preço da criação de um site? Confira uma tabela de valores e saiba quanto custa um site, em média, em uma agência profissional especializada.

Quando eu me apresento como web designer, a pergunta que mais ouço é: Qual é o preço de um site? A resposta correta é “depende”, já que nenhum site é igual ao outro. Tudo deve ser estudado e orçado com precisão, conforme eu detalhei no post Quanto custa um layout para blog? (recomendo a leitura do mesmo para uma resposta mais precisa para a pergunta “Quanto custa um site?“).

Ok, mas todos nós precisamos de uma média de preços, afinal.

» Siga-me no twitter, assine o feed ou a newsletter para ler mais novidades!

A Associação Paulista das Agências Digitais (APADi), associação essa que busca organizar o mercado deveras bagunçado que é o de serviços digitais (afinal, quem quer a prestação de um serviço raramente sabe qual seria o valor aproximado do mesmo, e sempre acaba achando muito caro justamente por não ter muita noção de como o trabalho é feito – e é aí que entram os “sobrinhos”, que cobram a preço de banana serviços duvidosos mas que “servem”, já que o cliente não tem conhecimentos sobre conceito, padrões web e tudo mais que um profissional tem a oferecer para um serviço de maior qualidade visando gerar melhores resultados para o contratante), criou uma tabela de preços envolvendo diversos tipos de serviços digitais: O Manual de Serviços Digitais.

bananas

E aí? Vai ser barato? (foto: SXC)

Antes de prosseguir com as tabelas relevantes para este post e dar minha opinião sobre as mesmas, gostaria de fazer um adendo: Não é porque esses valores são uma média mínima e justa para o serviço prestado por uma agência especializada e competente que eles são uma regra. Eu mesmo nunca cheguei nem perto desses valores, justamente porque não sou uma agência (ou seja, não tenho tamanha estrutura). É como eu disse: É impossível estabelecer uma média, pois nenhum site é igual ao outro. Alguns são simples, outros são extremamente simples, outros bem complexos e por aí vai. Minha intenção aqui é apenas divulgar os valores estabelecidos pela APADi e comentar sobre os mesmos, não evangelizar a todos para que comecemos a cobrar/aceitar estes preços.

Se você quer saber quanto, de fato, custa um site, peça um orçamento. Não só para mim, mas para quem mais você conhecer, seja um profissional free lancer ou agência. Você tem o direito de achar o melhor preço, mas não se esqueça de perguntar o que exatamente será feito. Preze pela qualidade, é ela quem vai fazer você recuperar seu dinheiro investido e te dar a impressão de que realmente valeu a pena.

Preço de um site segundo tabela da APADi

quanto custa um site

Tabela da APADi: Site

Achou caro? Bom, se eu disser que acho barato estaria mentindo. Não concordo e nem discordo, simplesmente vejo esse preço como uma base para as agências usarem como referência e se planejarem melhor. Não é e nem deve ser uma regra, pois é fato que existem sites muito mais baratos e existem sites mais caros.

Confiram outras tabelas:

quanto custa um hotsite

Tabela da APADi: Hotsite

quanto custa seo

Tabela da APADi: SEO

Não dá pra fazer mais barato?

Repito: Essa tabela não é e nem deve ser uma regra; existem sites muito mais baratos e existem sites mais caros. Mas também existem os profissionais competentes e os incompetentes. Sei que estou sendo repetitivo, mas é que essa tabela gera uma polêmica enorme.

Se o seu site é MUITO simples, dificilmente ele passaria dos 4 dígitos (mil reais para cima) na mão de um profissional free lancer. Na mão de uma agência, sim, poderia passar, pois uma agência conta com uma estrutura muito maior, então o preço é bem superior ao de um profissional solo como eu. Acima de tudo, o bom senso precisa ser aplicado.

O que eu preciso ter em mente para saber se estou pagando um preço justo?

Simples, e serve tanto para agências quanto para profissionais free lancers:

moedas

O investimento que vai... volta! (foto: SXC)

Quanto custa um site?

A resposta correta é “depende”. A mais extensa é “depende do que está no briefing, precisamos analizar o que será feito para criarmos um orçamento preciso”. Orçamento é tudo, e o que define um preço não é só a simplicidade ou complexidade de um projeto, mas também a competência e experiência do prestador de serviços ou da agência que o faz. A web é um mercado promissor. Estar nela hoje em dia é obrigatório caso você queira ver seu negócio crescer. Então, seu investimento, se for bem feito, voltará lá na frente e trará junto inúmeras vantagens.

E aí, faltou alguma coisa no post acima? Discordam? Concordam? Sintam-se à vontade!